5 formas de garantir a redução de custos nas empresas

By 12 de setembro de 2017Slider
redução de custos

Reduzir custos é um dos maiores desafios do setor financeiro de todas as empresa e o desejo de todo empresário. Gastar sem necessidade, sem motivo, significa perda de lucratividade, ao passo que reduzir custos representa maiores ganhos e margens. Então, é hora de se perguntar: Quais as formas de garantir uma redução eficaz de custos? Será que é cortando o cafezinho, mandando gente embora? Ou será que há meios mais eficazes?

Sobre esse tema, José Sarkis Arakelian, professor da Faculdade de Administração da FAAP, em entrevista à revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, afirma que: “É preciso parar e reavaliar. Comece checando os custos e veja quais ainda são necessários e quais precisam ser redimensionados”. Quer saber como fazer? Confira no nosso blog post 5 formas para garantir uma redução de custo nas empresas.

#1 Estude o fluxo de caixa da empresa

Antes mesmo de cortar  custos, especialistas e empreendedores recomendam que a empresa estude o fluxo de caixa dos últimos 12 meses com afinco. Durante o estudo, é preciso avaliar os períodos de quedas nas vendas e recebimentos, assim como os períodos de maior gasto.

Como via de regra, o ideal é elencar todos os custos da empresa, manter um histórico deles e cortar apenas os que têm menos participação no lucro. Assim, será possível prevenir que em momentos de “apertos” a empresa acabe limitando recursos importantes só pela necessidade de cortar custos, ou seja, que conduza o processo sem planejamento e conhecimento.

As sócias Rosana Sperandéo e Mariana Mendes Medeiros, da multimarca virtual OQVestir, adotaram como prática a realização de reuniões mensais com o departamento financeiro, para analisar as despesas. Rosana diz que: “Cortamos aquilo que não afeta a produtividade e o bem-estar dos funcionários”. Afinal, sabem que cortar isso acabaria por afetar a lucratividade.

#2 Gestão de absenteísmo: equipe

Um dos maiores custos das empresas hoje é com o absenteísmo (falta dos colaboradores). Afinal, esse é um problema que eleva os custos e afeta a produtividade. Uma forma de reduzir custos com esse problema é contar com algum software que ajude a gerir essas faltas, a utilizar melhor o banco de horas e até mesmo ajude no controle de produtividade da equipe.

É importante entender as causas de adoecimento dos colaboradores, monitorar possíveis fraudes, implementar políticas de validação de atestados médicos e definir programas de saúde individualizados. Este conjunto de práticas visa melhorar a qualidade de vida do colaborador, reduzir o absenteísmo e a sinistralidade do plano de saúde.

Pode parecer contraditório, mas tecnologia pode reduzir custos, permanentemente, a médio e longo prazo. Então, não enxergue a tecnologia como gasto, mas como investimento.

#3 Automatizar processos: mais produtividade, mais rentabilidade

Uma outra maneira de reduzir custos é investir em automação de processos. O professor de estratégia da Educação Executiva do Insper, Carlos Caldeira, explica: “A automação é uma boa saída para reduzir custos. Ela resolve problemas de contratação”.

Afinal, se uma mesma equipe conseguir ser mais produtiva, não há a necessidade de novas contratações e nem sequer de realizar demissões (que muitas vezes, incluem gastos altos) e assim a empresa se torna mais rentável. Novamente vemos aqui a eficácia da tecnologia na redução de custos.

#4 Escolha bem os fornecedores

A boa escolha de fornecedores é uma ótima forma de reduzir custos. Pelos cálculos de Lobão, da Fundação Dom Cabral, a negociação com os fornecedores pode trazer uma economia entre 13% e 30%. Um bom exemplo é a otimização dos custos na área de saúde ocupacional. Segundo dados da consultoria Aon, gastos com assistência médica e saúde podem representar até 36% da folha de pagamento de algumas empresas.

É por isso que várias companhias, incluindo as multinacionais, estão buscando oferecer serviços distintos, mas com o mesmo objetivo: otimizar e reduzir os gastos em saúde. Pesquisar novas opções nesse setor e fornecedores com pacotes diferenciados pode reduzir custos e ainda trazer uma série de benefícios para a empresa.

Quando o assunto é redução de custos com fornecedor, lembre-se que apenas cotar 3 opções e escolher a melhor não é o suficiente. Vá além, negocie preços, prazos, produtos, faça o melhor para otimizar seu fluxo de caixa.

#5 Opte pela terceirização

A máxima da terceirização, na atual conjuntura econômica é: quem terceiriza, economiza. Afinal, essa estratégia pode reduzir e muito os gastos.  Você pode terceirizar, por exemplo:

  • Comunicação;
  • Contratação de pessoal;
  • Manutenção e limpeza.
  • Logística e Transportes
  • Segurança

O jornal Estadão demonstrou como no setor de papel e celulose a logística teve um impacto surpreendente não só na redução de custos, mas também no aumento de lucros.

E por qual forma de redução de custos você vai começar a ajudar a empresa? Conta pra gente nos comentários. Ficou dúvidas? Escreva também!